Subscreva via RSS Feed Connect on LinkedIn Siga-me no YouTube

Zero segundos de casa ao trabalho!

casa

Será que sou o super-homem?

Realmente parece coisa de super-homem, mas quem trabalha efectivamente a partir de casa sabe do que falo. É uma realidade apetecível, talvez por isso há cada vez mais pessoas a considerar essa hipótese.

O que sente em relação a este tema ? Já algum dia pensou nisto?

Imagine demorar zero segundos para vir do trabalho para casa? Uau…Parece aliciante, não?  acabar com filas intermináveis de trânsito, transportes públicos a abarrotar de gente, a correria para não perder nenhum, isto para não falar do cansaço e da monotonia que tudo isto pode gerar. A verdade é que para muitos esta não parece sequer ser uma opção, mas sim a única saída.

Se quer realmente mudar de vida. Mude! E, mudar é decidir e seguir em frente.

Vou deixa-lo com algumas ideias para irão certamente fortalecer a sua ‘viagem’  para casa e mais à frente com uma surpresa que acredito vai gostar.

Decidi, e agora…faço o quê?

Eu não o conheço, por isso não lhe posso dizer se esta ou aquela área é melhor para si.

É aconselhável que faça esta fase da procura com tempo e em consciência.

Na maioria dos casos todos procuramos na internet. E, por isso muitas vezes a resposta é também “há já sei, vou trabalhar com a internet”. De facto é uma excelente hipótese, desde que bem planeada e com um bom sistema de apoio.  Se for esse o seu caso deixo aqui um aviso à navegação, aventuras sozinho na internet sem estar bem preparado, pode estar seguramente a comprometer o seu sucesso, ou no mínimo a adia-lo por muito, mas mesmo muito tempo. Recomendo mesmo que descubra um sistema que o deixe confiante e lhe ensine a trabalhar.

Noutras áreas há quem se dedique a ser artesão, fabricar pequenos objectos que são vendidos em feiras locais ou de artesanato. Mercados de rede, ou vendas são também uma hipótese a considerar e em expansão. Há várias possibilidades, no entanto a internet é de longe aquela que hoje tem maior procura e se adapta bem ao conceito do trabalho a partir de casa. Uma pesquisa sobre as várias ofertas e propostas é um bom começo.  Se a decisão for acertada então saberá seguramente o próximo passo. 

Calço os sapatos para trabalhar em casa?

Muitas duvidas surgem no inicio, algumas até podem parecer tão ridículas como a que escrevi como titulo, mas não se preocupe, com o tempo tudo entra na linha.

Novos valores são estabelecidos, novos paradigmas são criados, e para além de toda a novidade do processo há ainda a nossa adaptação à situação.

Não se iluda…isto não é tipo chapa três e pronto já está. A transformação existe, é desafiante, pode ser com um sorriso, mas convêm leva-la a sério.

As vantagens do pijama às riscas.

Trabalhar a partir de casa traz uma série de vantagens que podem alterar por completo  o seu dia-a-dia, aqui ficam alguns exemplos: ganho de tempo nas deslocações para o trabalho, os tais zero segundos… “fugir” das horas de ponta para ir às compras. Decidir tirar uma tarde e ir passear ao sol ou ficar até tarde para acabar uma tarefa. O tempo é seu, faz dele o que entender. Poder estar mais com as pessoas de quem gosta, dedicar-se aos seus interesses pessoais ou potenciar outras áreas de actuação, para mim foi o pontapé de saída para o projecto de há muitos anos, o dos Workshops de desenvolvimento pessoal. Outra grande vantagem é que somos senhores do nosso negócio e assim podemos estabelecer os nossos rendimentos. Para muitos, despedir o patrão é uma prioridade, para outros seria não ter empregados. Trabalhar a partir de casa pode ser o melhor desses dois mundos.

Onde instalo o relógio de ponto?

Trabalhar em casa, implica uma gestão de tempo, de espaço, de respeito pelos outros e dos outros por nós. Parece simples escrito assim, mas uma vez vivida, a realidade pode ser muito diferente. Falamos, falo das pessoas com quem coabito, a minha família. Como estou em casa, pode parecer que estou sempre disponível para qualquer coisa. Esse é um ponto que gostava que fixasse como muito importante caso já esteja ou vá trabalhar a partir de casa. A sua disponibilidade terá forçosamente que ser gerida, caso contrário poderá sentir-se uma ‘barata tonta’ a passear de um lado para o outro e a chegar ao fim do dia com a sensação, e muitas vezes a certeza que o tempo se passou e ops!… Lá se foi mais um dia, e logo de seguida aquela sensação de “não ter feito” pode tomar conta de nós e alojar-se em algum dos nossos pensamentos, e isso não será seguramente uma boa opção. Faça um plano de acção para o seu dia, e cumpra-o. Fale abertamente com as pessoas que o rodeiam e peça colaboração, para eles também vai ser diferente. Acredite que assim fica mais simples

A minha casa como base de operações. 

A vida dá as voltas que dá e eu ao fim de várias experiências laborais, tenho a minha casa como base de operações. Trabalho a partir de casa na área do desenvolvimento pessoal, conciliado com internet marketing e redes de mercado. É a minha realidade desde há uns anos.

Senti a transformação de passar a trabalhar em casa e o impacto que teve em mim e na minha família. Sei que o estudo do desenvolvimento pessoal foi um factor de equilíbrio. E por isso Inspirado por alguns “mestres” e pela minha própria experiência de vida criei um workshop de desenvolvimento pessoal, que se chama “Wake-up Call – Despertar para o que é importante”. O objectivo desse workshop é desafia-lo para que o seu dia possa ser visto, vivido e sentido por uma nova perspectiva.

Chegado a este ponto já não há como adiar a surpresa que tenho para si. No verão de 2011, fizemos uma gravação ao vivo deste workshop. Foi em Lisboa, no Espaço BES Arte & Finança, e é com enorme satisfação que lhe ofereço 4 vídeos inéditos, completamente gratuitos, com excertos do workshop e testemunhos.

Solicite os seus 4 vídeos grátis gravados ao vivo e com testemunhos, veja-os em sua casa.

Aproveite a oportunidade,

Abraço e alegria

Paulo José Silva

Sobre o Autor:

Paulo José Silva está ligado ao Internetwork Marketing, e ao Desenvolvimento Pessoal como orador em workshops e sessões individuasi. Tem o nível III de Reiki, e é Co-fundador da KognosPédia . Atento desde cedo às questões da vida e à própria vida. Este estar atento, este querer saber mais que sempre privilegiou, levou-o ao longo dos anos a desenvolver as suas competências e percurso profissional na área da formação e desenvolvimento pessoal do individuo. No inicio dos anos 90, participou no curso de especialização, Dale Carnegie – Comunicação Eficaz e Relações humanas, e a partir daí, a constante procura aumentou e levou-o a ler, ouvir e ter formação com variadíssimos autores e motivadores entre eles: Jim Rohn, Carol Tuttle; Marc David; Jefferey Combs; Chris Howard; Hale Dwoskin do Método de Sedona, onde para além do curso básico, fez o retiro de sete dias em Sedona, nos EUA em 2008. Neste momento está com vários projectos e procura colaboradores na área de Internet Marketing.

Comentários (1)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Olá Paulo,

    Zero segundos de casa para o trabalho é maravilhoso.

    Tenho o privilégio de também trabalhar a partir de minha casa já há algum tempo e a sensação de liberdade e comando não poderia ser melhor.

    Há no entanto, algumas questões tal como referiste que têm a ver com a gestão do tempo e do espaço.

    O parecer que estamos sempre disponíveis acaba por ser complicado de gerir se não tivermos a compreensão de quem connosco coabita.

    Cabe a cada um tomar as rédeas da sua vida e decidir qual a melhor opção. Obrigada por nos inspirares.

    Paula Garciann1

Deixar uma resposta